Artigos e Dicas

Gentileza gera gentileza

A música alta do vizinho, um e-mail indelicado do seu chefe ou uma buzinada desnecessária no trânsito. Todos os dias, gestos como esses fazem da nossa rotina cada vez mais estressante. Provavelmente, você gostaria que as coisas fossem diferentes, certo? Mas já parou para pensar se você é gentil com o próximo?

É como dizia o Profeta  Gentileza , que ficou famoso na década de 80 por gravar mensagens pelas ruas do Rio de Janeiro: “Gentileza gera gentileza”. Quando você pratica gestos cordiais, mesmo que pequenos, você afeta todos à sua volta de forma positiva, como uma corrente do bem.

E tem mais. Estudos comprovam que a gentileza não só beneficia a sociedade, como também o indivíduo. Stephen Post, autor do livro “Por que Acontecem Coisas Boas às Pessoas Boas”, comprovou que quem ajuda o próximo tem mais saúde mental e menos riscos de desenvolver depressão.

O primeiro passo para uma mudança de atitude é se colocar no lugar do outro. O segundo é evitar que grosserias alheias afetem a sua forma de agir. Não é porque um motorista te fechou no trânsito, que você tem que retribuir com xingamentos, por exemplo. Aqui vão algumas dicas para você praticar a gentileza todos os dias e levar uma vida mais leve e feliz:

1. Deseje bom dia às pessoas, mesmo que você não as conheça.

2. Elogie mais.

3. Compartilhe conhecimento.

4. Ceda o seu lugar no ônibus ou metrô para alguém que precise mais do que você.

5. Segure a porta do elevador para os vizinhos.

6. Ofereça ajuda sempre que puder. Seja para uma senhora que esteja atravessando a rua ou para um colega de trabalho sobrecarregado.

7. Peça desculpas.

8. Vai receber amigos em casa para uma pizza? Que tal oferecer um pedaço para o porteiro?

9. Seja pontual. E quando se atrasar para algum compromisso, avise a outra pessoa.

10. Roupas, livros e brinquedos que você não usa podem ser úteis para muita gente. Doe!